Home CIDADES SILVA JARDIM SILVA JARDIM: SEM LICITAÇÃO, SHOW DE NALDO ESTÁ NA MIRA DA JUSTIÇA

SILVA JARDIM: SEM LICITAÇÃO, SHOW DE NALDO ESTÁ NA MIRA DA JUSTIÇA

5 min read
0
0
18

Prefeitura de Silva Jardim é acusada de contratar cantor por R$ 125 mil sem licitação em 2013

CONSTANÇA REZENDE

Rio – Um show de Naldo Benny, que custou R$ 125 mil aos cofres públicos de uma cidade do interior do estado em 2013, pode levar pelo menos 10 pessoas para o banco dos réus. O Ministério Público do Rio entrou com uma ação na Justiça contra a Prefeitura de Silva Jardim, acusada de contratar o show sem licitação e com uma série de irregularidades.

Além de secretários e funcionários da comissão de licitação do município, denunciados por improbidade administrativa, respondem à ação o empresário do cantor, Marcos José Menezes, e duas sócias da empresa Exprudiu Promoções Artísticas Ltda, que teria representado Naldo irregularmente no contrato.

sj
Nos bastidores do show em 2013: prefeito Wanderson havia usado a melodia de um famoso hit de Naldo para embalar sua campanha em 2012 Foto: Divulgação / 06.05.2013

 

O promotor Marcelo Arsenio, que conduziu as investigações, afirma que o evento — realizado em comemoração aos 172 anos do município — foi feito por empresa sem autorização e com documentos falsos. Segundo ele, a prefeitura teria armado para contratar a Exprudiu, enquanto a Naldo Music, a empresa do cantor, é que deveria ser a responsável.

Arsenio explicou que a lei de licitações dispensa a necessidade de pregão apenas quando a contratação é feita com o empresário exclusivo do artista. Para conseguir o arranjo, o representante da Naldo Music, Marcos José Menezes, teria assinado uma carta autorizando a Exprudiu a realizar o evento.

“A legislação diz que o ‘empresário exclusivo’ é quem representa habitualmente o artista e não eventualmente”, disse o promotor, acrescentando que o show foi pago antes, com notas fiscais falsas.

O gosto do prefeito Wanderson Gimenes Alexandre (PRB) pelo cantor é antigo. A melodia de uma famosa música de Naldo foi usada em sua campanha pelo cargo.

Alvo também na Bahia

A assessoria do cantor Naldo afirmou que desconhece a ação movida na Justiça contra o show do artista e qualquer irregularidade em sua contratação. Também afirmou que a empresa Exprudiu “não vende mais” shows do cantor desde o ano passado. Além disso, declarou que a empresa teria produzido eventos de Naldo apenas por um ano, em cerca de 100 shows.

A Exprudiu foi alvo de um mesmo inquérito na Justiça da Bahia. O Ministério Público entrou com uma ação contra a Prefeitura de Eunápolis por contratar shows para a sua famosa festa de São Pedro com a empresa Exprudiu, sem licitação.

Porém, a produtora, sediada em Goiás, também não era a empresa exclusiva dos referidos artistas. O ex-prefeito denunciado, José Robério Batista, foi afastado do cargo por desvio de verba pública.

Fonte:

Jornal O Dia

Load More Related Articles
Load More By Administrador
Load More In SILVA JARDIM
Comentários estão fechados.

Verifique Também

ONDE ESTAMOS???

Onde Estamos??? Davi Henrique Os que me conhecem sabem da minha paixão por fazer perguntas…