Home CIDADES SILVA JARDIM SILVA JARDIM: SEM LICITAÇÃO, SHOW DE NALDO ESTÁ NA MIRA DA JUSTIÇA

SILVA JARDIM: SEM LICITAÇÃO, SHOW DE NALDO ESTÁ NA MIRA DA JUSTIÇA

5 min read
0
0
24

Prefeitura de Silva Jardim é acusada de contratar cantor por R$ 125 mil sem licitação em 2013

CONSTANÇA REZENDE

Rio – Um show de Naldo Benny, que custou R$ 125 mil aos cofres públicos de uma cidade do interior do estado em 2013, pode levar pelo menos 10 pessoas para o banco dos réus. O Ministério Público do Rio entrou com uma ação na Justiça contra a Prefeitura de Silva Jardim, acusada de contratar o show sem licitação e com uma série de irregularidades.

Além de secretários e funcionários da comissão de licitação do município, denunciados por improbidade administrativa, respondem à ação o empresário do cantor, Marcos José Menezes, e duas sócias da empresa Exprudiu Promoções Artísticas Ltda, que teria representado Naldo irregularmente no contrato.

sj
Nos bastidores do show em 2013: prefeito Wanderson havia usado a melodia de um famoso hit de Naldo para embalar sua campanha em 2012 Foto: Divulgação / 06.05.2013

 

O promotor Marcelo Arsenio, que conduziu as investigações, afirma que o evento — realizado em comemoração aos 172 anos do município — foi feito por empresa sem autorização e com documentos falsos. Segundo ele, a prefeitura teria armado para contratar a Exprudiu, enquanto a Naldo Music, a empresa do cantor, é que deveria ser a responsável.

Arsenio explicou que a lei de licitações dispensa a necessidade de pregão apenas quando a contratação é feita com o empresário exclusivo do artista. Para conseguir o arranjo, o representante da Naldo Music, Marcos José Menezes, teria assinado uma carta autorizando a Exprudiu a realizar o evento.

“A legislação diz que o ‘empresário exclusivo’ é quem representa habitualmente o artista e não eventualmente”, disse o promotor, acrescentando que o show foi pago antes, com notas fiscais falsas.

O gosto do prefeito Wanderson Gimenes Alexandre (PRB) pelo cantor é antigo. A melodia de uma famosa música de Naldo foi usada em sua campanha pelo cargo.

Alvo também na Bahia

A assessoria do cantor Naldo afirmou que desconhece a ação movida na Justiça contra o show do artista e qualquer irregularidade em sua contratação. Também afirmou que a empresa Exprudiu “não vende mais” shows do cantor desde o ano passado. Além disso, declarou que a empresa teria produzido eventos de Naldo apenas por um ano, em cerca de 100 shows.

A Exprudiu foi alvo de um mesmo inquérito na Justiça da Bahia. O Ministério Público entrou com uma ação contra a Prefeitura de Eunápolis por contratar shows para a sua famosa festa de São Pedro com a empresa Exprudiu, sem licitação.

Porém, a produtora, sediada em Goiás, também não era a empresa exclusiva dos referidos artistas. O ex-prefeito denunciado, José Robério Batista, foi afastado do cargo por desvio de verba pública.

Fonte:

Jornal O Dia

Load More Related Articles
Load More By Administrador
Load More In SILVA JARDIM
Comentários estão fechados.

Verifique Também

FARMACÊUTICO (A) – REDE DE DROGARIAS

FARMACÊUTICO (A) – REDE DE DROGARIAS – ITABORAÍ Rede de Drogarias Cargo: Farmacêutico (a) …